segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009

A Fábrica da Pólvora de A a Z ...

Calibração

Fase do processo de fabrico da pólvora negra que consiste na acção de calibrar, ou seja, de separar os grãos de pólvora em função dos diâmetros pré-estabelecidos. Na Fábrica da Pólvora de Barcarena esta operação, em 1833, efectuava-se na Casa da Harpa (também conhecida como ‘oficina de separação da pólvora’).
Tratava-se de crivar o granizo, separando-o por tamanhos pré-estabelecidos. Tal operação executava-se, primitivamente, com um peneiro munido de uma malha com certa dimensão. Mais tarde, adoptou-se a ‘harpa’ que se compunha de dois crivos de couro e um peneiro, através dos quais se faziam passar os grãos de pólvora. Em 1845, a separação ainda se fazia no mesmo aparelho. Era um trabalho de grande risco, violento e fisicamente muito exigente, pelo qual os operários recebiam uma gratificação. O abandono da harpa ocorreu em 1854, sendo substituída por um cilindro de separação com respectivo peneiro, movido por um motor hidráulico.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
A carregar...